CCDRC promove Concurso Ideias de Negócio nas escolas

0
305

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) promove na próxima quinta-feira, pelas 14H30, em Coimbra, a quarta edição do “Concurso Regional de Ideias de Negócio ’17 nas escolas”. Este concurso pretende eleger o “Aluno Empreendedor da Região Centro 2017” entre os representantes das Comunidades Intermunicipais da Região Centro. O objetivo é sensibilizar e motivar os jovens para a inovação e o empreendedorismo, promovendo a iniciativa e o dinamismo nas comunidades onde se inserem.

Durante o ano letivo 2016/2017, várias escolas básicas, secundárias e profissionais promoveram ações de sensibilização para o empreendedorismo, junto da população escolar, com o prestigioso acompanhamento dos respetivos professores. As ações ao nível de escola culminaram na realização de concursos municipais de ideias de negócio e posteriormente nos concursos intermunicipais, com a forte colaboração das Comunidades Intermunicipais (CIM).

O júri, composto por representantes de entidades públicas e privadas regionais, com reconhecido mérito na área empresarial e na promoção do empreendedorismo na Região, terá em consideração o grau de inovação, a exequibilidade, o impacte para o território, a estruturação e o desenvolvimento de cada ideia de negócio apresentada.

Nesta edição, o júri será formado por: Ana Palmeira (UBI/Labfit), António Correia (CM Peniche), Carlos Cerqueira (IPN), Domingos Chambel (TRM- Fábrica de Travões de Abrantes), Francisco Mendes (BEEVC – Electronic Systems) e Vera Cunha (Escola de Hotelaria de Coimbra).

Programa

14:15 – Receção aos participantes

14:30 – Boas vindas pela Presidente da CCDRC

14:45 – Apresentação das ideias de negócio

15:30 – Momento de entretenimento

16:00 – Apresentação das ideias de negócio

16:45 – Lanche

17:15 – Entrega dos prémios

17:30 – Encerramento

Resumo das Ideias a apresentar

A noção de ideia de negócio associada a um plano de negócio, bem como do empreendedorismo social, tem sido ministrada em grande parte das escolas da Região Centro, com o evidente empenho das respetivas escolas, autarquias, Comunidades Intermunicipais e da própria CCDRC.

BEIRAS E SERRA DA ESTRELA

Escola Profissional do Fundão

Lumpslipps

A ideia de negócio consiste no desenvolvimento de chinelos que tem como base materiais endógenos de origem natural como a cortiça, o burel e os caroços de cereja. O caroço de cereja, considerado subproduto, despertou a atenção devido às suas capacidades de retenção da temperatura e, a partir daí, surgiram os chinelos “Lumpslipps”, com uma palmilha feita à base desses caroços.

 MÉDIO TEJO

Escola Profissional de Ourém

Bengatrónica

A ideia de negócio consiste numa bengala eletrónica destinada a invisuais no auxílio da deslocação em espaços interiores e exteriores, com sensores que permitem a deteção de obstáculos no chão, ao nível da cintura e da cabeça com o complemento de uns óculos que emitem sinais sonoros e vibratórios.

OESTE

CENFIM – Caldas da Rainha

GROWBOX

A ideia de negócio consiste na criação de uma mini-estufa doméstica, em que o principal objetivo é proporcionar a possibilidade de desenvolvimento da agricultura biológica à população citadina ou sem espaço para cultivo.

 REGIÃO DE AVEIRO

Escola Secundária de Estarreja

COLTEC – Colete Tecnológico

A ideia de negócio consiste no desenvolvimento de um colete que integra nas costas um écran (display) de leds para a passagem de sinais rodoviários e texto, com o objetivo de diminuir a sinistralidade rodoviária para ciclistas e peões. O display de leds interage/comunica com uma APP desenvolvida para o efeito e que pode ser descarregada para smartphone de uma forma acessível.

REGIÃO DE COIMBRA

EPTOLIVA – Escola Profissional

Quicly Heal   

Quicly Heal é uma marca cuja proposta de valor se baseia na criação de produtos na área da saúde utilizados para o tratamento de lesões na epiderme. Os produtos apresentam-se no mercado sobre a forma de um penso biodegradável e uma solução desinfetante 100% natural com propriedades antibacterianas feitas a partir de extratos da planta Celidónia, planta que é usada pelas gentes locais para tratar pequenas lesões na epiderme.

VISEU DÃO LAFÕES

Escola Profissional de Tondela

DAD

A ideia de negócio consiste na criação de um dispositivo que pode ser integrado no suporte de soro, numa cama ou numa cadeira de rodas que permite localizar e acompanhar os doentes nos serviços de urgência de um hospital.

DEIXE UMA RESPOSTA