Uma das vitimas mortais do ataque terrorista era casada com um português

0
397
O casal Frade

Uma das mulheres que faleceu no ataque terrorista de ontem em Londres era casada com um português

Aysha Frade, de 43 anos, é uma das vítimas mortais do atentado terrorista vivido em Londres, esta quarta-feira. A mulher, que era casada com um português, John Frade, estava a caminho da escola das duas filhas, de oito e onze anos, quando foi atropelada por uma viatura na ponte de Westminster, adianta o CM.

A vítima era professora de espanhol num colégio perto do parlamento britânico. Segundo a imprensa espanhola, a família de Aysha era descendente da Galiza mas viviam na capital inglesa há já alguns anos.

Entretanto, estão em curso vários raides, mas as autoridades britânicas já detiveram sete pessoas relacionadas com os ataques de Westminster, registados quarta-feira.
“Fizemos buscas em seis domicílios e fizemos sete detenções. As operações em Birmingham e noutras partes do país vão continuar”, garantiu o chefe da unidade antiterrorista da polícia de Londres, Mark Rowley.

Rowley actualizou também as informações sobre as vítimas dos atentados. Há quatro mortos (um polícia, uma mulher, um homem e o atacante) e 29 ficaram feridas, sete em estado considerado crítico.

“Acreditamos que o este atacante agiu sozinho e foi inspirado pelo terrorismo internacional. Para ser claro, não temos, nesta altura, informação específica que represente uma ameaça para o público”, disse também.

DEIXE UMA RESPOSTA