Zona industrial de Poiares com investimento de quase 2 milhões de euros

0
281

O Município de Vila Nova de Poiares viu aprovada, pelo Programa Operacional Regional do Centro – Centro 2020, a candidatura do projeto para expansão da Zona Industrial – Polo II, designado por “Smart Growth”, num investimento global de cerca de 1,9 milhões de euros.

Dos seis milhões de euros destinados à região de Coimbra, coube ao projeto de Vila Nova de Poiares, receber uma comparticipação financeira de 1,5 milhões de euros e representando o maior valor de financiamento conseguido no âmbito dos 19 municípios que compõem a CIM-Região de Coimbra.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares, João Miguel Henriques, “é uma excelente notícia, que vai permitir um importante impulso do parque industrial, e é o reflexo do trabalho que tem sido feito na aposta do desenvolvimento económico e captação de investimento, que se irão traduzir na capacidade de criar mais riqueza e gerar mais emprego”.

Lembrou o “esforço e empenho colocados não só na criação de condições para o desenvolvimento e crescimento das empresas já instaladas (como é o caso da ampliação de instalações de empresas em Poiares), como fundamentalmente na implementação de condições de confiança e credibilidade necessárias para a captação de novos investidores, que com a expansão do atual parque industrial finalmente poderão iniciar os seus investimentos e dotar o concelho de mais empregabilidade e contribuir para alvancar ainda mais o desenvolvimento económico do concelho”.

Acrescentou que, “finalmente começam a ser visíveis os ‘frutos’ do trabalho que temos desenvolvido ao longo destes ultimos quatro anos e, ao contrário do que alguns faziam crer, a aposta na transparência, na verdade e no rigor da gestão, não prejudicou o desenvolvimento económico, nem a atração de investimento, antes pelo contrário, como agora se comprova”.


De acordo com o projeto cuja candidatura agora foi aprovada estão previstos novos e importantes investimentos a instalar no Polo II da Zona Industrial, nomeadamente a criação de um parque logístico e a instalação de um projeto ligado à energia fotovoltaica.

DEIXE UMA RESPOSTA