Back

Câmara de Coimbra apoia reconstrução de Hospital em Moçambique

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, Manuel Machado, assinou, nos Paços do Concelho, um protocolo com a Associação Health4Moz – Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento (ONGD), que prevê uma ajuda financeira de 100 mil euros por parte da autarquia, destinados a suportar encargos referentes à reconstrução do Hospital da Cidade da Beira, em Moçambique.

Coimbra e a Cidade da Beira são geminadas desde 1997 e que em março deste ano esta foi tragicamente afetada pelo ciclone Idai.

Depois de identificada a necessidade urgente de reconstrução do Hospital da Cidade da Beira, com o objetivo de reabilitar o edifício e recuperar em definitivo as funções médicas perdidas por aquela unidade durante a catástrofe, “priorizando o Bloco Operatório, face à necessidade de resposta na procura de Serviços Cirúrgicos”, a intervenção foi autorizada pelo Ministério da Saúde do Governo de Moçambique, levando assim a CM Coimbra a atribuir uma comparticipação financeira no montante de 100 mil euros, para ajudar a Associação Health4Moz a realizar a obra.

O protocolo que estabelece esse apoio foi assinado, no Gabinete da Presidência da CM Coimbra, pelo presidente Manuel Machado e a presidente da Health4Moz, Carla Rêgo.

A CM Coimbra disponibilizou-se ainda para recolher, desde março, bens alimentares e de primeira necessidade para ajudar o povo de Moçambique, em particular da Beira, tendo em conta o comunicado da Embaixada da República de Moçambique em Lisboa, e as necessidades imediatas determinadas pelo Governo Moçambicano.

A autarquia tem assim colaborado ativamente para atenuar as dificuldades que esta calamidade provocou na Província de Sofala, nomeadamente contribuindo financeiramente para as operações de reconstrução em curso.

O ciclone Idai afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas em três países africanos e a área submersa em Moçambique chegou a ser de cerca de 1300 quilómetros quadrados, segundo estimativas de organizações internacionais. A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, que é geminada com Coimbra desde 1997, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.

A Associação Health4Moz é uma ONGD com reconhecido e meritório trabalho de terreno desenvolvido em Moçambique e na Cidade da Beira, onde se encontra envolvida em trabalhos e projetos de assistência humanitária nas áreas da saúde, incluindo ações de formação, assistência médica, medicamentosa e alimentar e capacitação do pessoal médico local.

 

Publicar comentário