Back

Candidaturas ao Prémio Literário Miguel Torga estão a decorrer até 29 de fevereiro

As candidaturas ao Prémio Literário Miguel Torga/Cidade de Coimbra 2020 estão a decorrer e podem ser efetuadas até ao próximo dia 29 de fevereiro.

O vencedor do concurso bienal, instituído pela Câmara Municipal (CM) de Coimbra em 1984, terá direito a um prémio pecuniário no valor de cinco mil euros e à garantia da edição da obra premiada.

O prémio foi criado pela autarquia com o intuito de homenagear Miguel Torga, nome literário do médico Adolfo Rocha, e visa estimular a criação literária e o aparecimento de novos autores.

O Prémio Literário Miguel Torga/Cidade de Coimbra destina-se a galardoar um autor português, ou de um país de língua oficial portuguesa, pela melhor obra do género de ficção narrativa, nas categorias de romance, novela e conto.

O autor da obra premiada, a existir, receberá um prémio pecuniário de cinco mil euros, a ser entregue em cerimónia pública, e verá a sua obra publicada pela CM Coimbra ou por uma editora, de acordo com a decisão da autarquia.

O concurso só admite obras inéditas escritas em português, de autoria única, as quais podem revestir a forma de coletânea de contos inéditos. Cada concorrente pode, contudo, apresentar mais do que um trabalho, mas deverá enviá-los separadamente e utilizando pseudónimos diferentes.

Por cada obra concorrente, deverão ser enviados cinco exemplares, assinados com pseudónimo não conhecido e que o concorrente use pela primeira vez, acompanhados de um envelope fechado, com o pseudónimo escrito no exterior e que contenha no seu interior a identificação do autor, incluindo o nome, telefone e morada.

As obras recebidas serão, depois, verificadas pelos serviços municipais, para ver se estão em conformidade com o regulamento do prémio e será elaborada uma lista com os originais admitidos a concurso.

O júri, que será presidido pelo presidente da CM Coimbra, Manuel Machado, ou por quem ele delegar, e composto por mais quatro personalidades (duas designadas pela autarquia, uma pelo reitor da Universidade de Coimbra e outra pela Associação Portuguesa de Escritores), terá depois 60 dias para proceder à classificação. O vencedor do concurso, a existir, não pode concorrer nas duas edições seguintes.

O Prémio Literário Miguel Torga / Cidade de Coimbra, atribuído pela primeira vez em 1984, visa estimular a criação literária e o aparecimento de novos autores e procura também prestar homenagem a este grande nome da literatura portuguesa.

Recordamos que a CM Coimbra assinalou, recentemente, os 25 anos da morte de Miguel Torga, com um programa de iniciativas que pretendeu recordar a vida e a obra deste grande poeta português.

O programa, que teve início no dia 17 de janeiro e estendeu-se até 4 de fevereiro, incluiu sessões de declamação de poesia no Instituto Português de Oncologia de Coimbra, visitas guiadas, a inauguração de uma exposição sobre Miguel Torga e José Régio, uma sessão evocativa dos 25 anos da morte do poeta, uma conferência proferida por Guilherme d’Oliveira Martins e António Pedro Pita, a apresentação de um livro, um recital de poesia e um concerto pelo grupo Lavoisier.

O regulamento do prémio e outros esclarecimentos adicionais sobre o concurso podem ser consultados na página na CM Coimbra, mais especificamente em https://www.cm-coimbra.pt/wp-content/uploads/2015/02/Edital%20n%C2%BA%2051.2014.pdf.

 

 

Publicar comentário