Back

Coimbra recebe personalidades internacionais para debater sustentabilidade da construção metálica e mista

O XII Congresso de Construção Metálica e Mista que irá decorrer nos dias 21 e 22 de novembro, no Convento de São Francisco, em Coimbra, será subordinado à temática das “Estruturas metálicas como resposta às alterações climáticas”.

A edição de 2019 tem como principal objetivo divulgar as mais recentes inovações e realizações no âmbito deste tipo de construção, procurando contribuir decisivamente para a promoção, consolidação e expansão do setor, promovendo entre vários intervenientes no projeto um intercâmbio de ideias e experiências e na execução de estruturas metálicas e mistas.

À semelhança das edições anteriores o XII Congresso de Construção Metálica e Mista, nos dois dias de evento irão decorrer com várias atividades em paralelo nomeadamente sessões de palestras, sessões científicas e técnicas, workshops, exposição técnica, que contarão com a presença dos principais intervenientes internacionais da fileira da construção metálica.

Através da exposição técnica, que conta já com a participação de 28 entidades, e das sessões técnico-comerciais, as empresas patrocinadoras do evento têm oportunidade de apresentar o que de melhor fazem no setor da metalomecânica.

De acordo com Luís Figueiredo Silva, Diretor da CMM «pretende-se que o congresso seja um local privilegiado para o intercâmbio de ideias e experiências entre os vários intervenientes da fileira da construção metálica e mista, tendo como preocupação o ambiente e a sustentabilidade. É fundamental qualificar e inovar as empresas do setor para que estas se tornem mais competitivas numa escala global, mas numa estratégia sustentável e gestão eficiente das matérias e recursos”, salienta.

Promovido pela Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista, o evento é dirigido a projetistas, empresas e investigadores e conta com a presença de conferencistas nacionais e internacionais de renome tais como Charalampos Baniotopoulos (Universidade de Birmingham), Jean-Pierre Jaspart (Universidade de Liège), Leroy Gardner (Imperial College London), José Romo Martín (Universidade Politécnica de Madrid), Joaquim Norberto Pires (Universidade de Coimbra), António Adão da Fonseca (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto), Cezary Bednarski (Atelier de Arquitetura Bednarski), Cláudia-Antonia Merkle (especialista em Arte, Galeria Tate London).

Publicar comentário