Back

Comissões Vitivinícolas da região Centro unem esforços em programa de promoção

Foi assinado hoje, no Museu do Vinho, em Anadia, o protocolo de cooperação entre as Comissões Vitivinícolas da Bairrada, Dão, Beira Interior, Lisboa e Tejo – as zonas vinícolas situadas no território do Centro de Portugal.

Este protocolo permite às cinco regiões vitivinícolas da região concorrer de forma conjunta ao Programa de Ação para o Enoturismo, lançado pelo Turismo de Portugal.

Na mesma ocasião, foi também assinado o contrato de financiamento celebrado entre as cinco comissões vitivinícolas e o Turismo de Portugal, através da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

Após as assinaturas, a candidatura foi apresentada publicamente, por Pedro Soares, presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CBV), entidade que lidera o processo. Usaram também da palavra Jorge Sampaio, presidente da Associação Rota da Bairrada, Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro de Portugal, e Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal. Houve ainda tempo para a apresentação de dois casos de sucesso de unidades de enoturismo da região: o Aliança Underground Museum, do Grupo Bacalhôa, em Sangalhos, e a Quinta Madre d’Água, em Gouveia.

O Programa de Qualificação da Oferta Enoturística da Região Centro consiste na estruturação e qualificação da oferta, nomeadamente através da elaboração de um manual de boas práticas das atividades enoturísticas, um kit técnico-formativo e a conceção de produtos enoturísticos personalizados, a promoção destes produtos e a sua distribuição e comercialização. Outra das apostas é na formação, com o objetivo de capacitar mais de 200 técnicos na área do Enoturismo, nas cinco regiões vitivinícolas.

Esta é uma iniciativa que faz parte do Programa de Ação para o Enoturismo em Portugal 2019-2021, que define um conjunto de metas para posicionar o país como um dos destinos mais conhecidos neste segmento e o enoturismo como uma prioridade para o desenvolvimento turístico nacional.

Publicar comentário