Back

Estrangeiros residentes em Seia aprendem português

O Município de Seia vai apoiar os estrangeiros residentes no concelho que queiram aprender português.

O primeiro curso de língua portuguesa para estrangeiros arrancou esta semana em Seia, naquilo que a autarquia considera como “uma forma de integrar a comunidade que escolheu a nossa região para viver”.

O curso abrange 32 cidadãos de diferentes nacionalidades e faixas etárias, residentes no concelho de Seia e nos concelhos limítrofes, e é orientado por Manuela Silva, docente da língua de portuguesa no ensino secundário, que, em regime de voluntariado, colabora há alguns anos com o Município e a Biblioteca, na área da mediação da leitura e das literacias.

Desenvolver as capacidades dos participantes em compreender a língua, utilizar uma estrutura gramatical simples e desenvolver competências de comunicação oral são “os principais objetivos das aulas que decorrem uma vez por semana, à segunda-feira, na sala polivalente da Biblioteca Municipal, entre as 17.00h e as 18.00h”, revela a autarquia.

A iniciativa permite ensinar a comunicar em português, na sua forma mais básica, “para que estas pessoas entendam e se façam entender, auxiliando a sua integração na comunidade, facilitando, por exemplo, uma ida ao banco ou até mesmo ao café, conviver com vizinhos, ou outro tipo de situações”, refere a concluir o município.

Publicar comentário