Back

Falcões vão controlar pombos na área do Mercado D. Pedro V em Coimbra

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra contratou a empresa TFalcon Madeira – Unipessoal, Lda. para prestação de serviços de falcoaria no Mercado Municipal D. Pedro V, durante seis meses, às sextas-feiras e aos sábados, pelo período de quatro horas diárias.

“O serviço, que se inicia amanhã, dia 13 de dezembro, das 08h00 às 12h00, tem como objetivo o controlo de pombos durante os dias de maior movimento no edifício e na área envolvente ao Mercado, a que se soma uma forte componente lúdica e didática permitindo a interação dos falcões com o público”, revela a autarquia em nota de imprensa enviada à CentroTV.

Segundo o município, “uma das problemáticas com que se debatem os centros urbanos nos dias de hoje é a proliferação exponencial de algumas espécies, como os pombos, que acarretam riscos para a higiene e limpeza dos espaços públicos; e que danificam o património. Sendo o Mercado Municipal D. Pedro V um espaço destinado, essencialmente, à comercialização de alimentos, a CM Coimbra, fazendo face a reivindicações dos comerciantes, contratou um serviço de falcoaria, que tem sido muito usado junto de aeroportos, cadeias hoteleiras, esplanadas e espaços públicos de interesse turístico para ajudar na mitigação destas situações”.

O serviço no Mercado Municipal inicia-se amanhã, 13 de dezembro, das 08h00 às 12h00. O método consiste na libertação de aves de rapina, neste caso falcões, que afastam outras aves, como, por exemplo, pombos e gaivotas, estando os mesmos treinados não agredir.

Esta iniciativa é também encarada pela autarquia como de “componente lúdica e didática, pois permitirá a interação destes animais com as pessoas, desde logo por não serem comummente vistos a sobrevoar locais públicos, contribuindo também para a dinamização do espaço às sextas-feiras e aos sábados, nos próximos seis meses”.

Comentários (4)

  • Ana Macedo

    13 Dezembro, 2019

    Os pombos deviam ser controlados, também, na praça de alimentação do AlmaShopping, pois é um absurdo se ter pombos nesses locais!!! Fica a sugestão.

    • Leandro Martins

      14 Dezembro, 2019

      Bom dia Ana.
      No Alma já tem o mesmo trabalho da mesma empresa onde o número de pombos já caiu drasticamente. O problema está nos clientes que insistem em jogar migalhas para os pombos em horários que a pessoa que maneja o falcãom está em outra área do shopping afastando outros pombos.
      As pessoas deveriam ser mais conscientes em não alimentar quem pode lhes trazer doenças.

  • A. Almeida

    13 Dezembro, 2019

    Deviam era fiscalizar e multar se necessário quem atira sacos de milho e pão para os alimentar.
    Que tem problemas respiratórios e passa junto daqueles bandos, fica logo aflito para respirar.

  • Jose Ramos Quaresma

    14 Dezembro, 2019

    É pura idiotice a proteção destes animais devia e deve atuar, escorraça-lo sim e nada mais ,espero a proteção destes animais

Publicar comentário