Back

Feira do Emprego & Profissões juntou cerca de 30 entidades

O Município de Vila Nova de Poiares, em parceria com a Associação Empresarial de Poiares e a Câmara Municipal da Lousã, promoveu a Feira do Emprego & Profissões (FEP 2019), que decorreu ao longo de todo o dia de quinta-feira, 4 de abril.

A iniciativa teve lugar no salão de congressos do CCP – Centro Cultural de Poiares, contando com a participação de cerca de 30 entidades, entre escolas de ensino regular, ensino profissional, universidades, associações, empresas de animação e lazer, centro de emprego, indústrias, entre outras.

O caráter intermunicipal foi a grande novidade deste ano, com a parceria do Município da Lousã, permitindo também uma participação de alunos do Agrupamento de Escolas da Lousã, estando ainda prevista uma exposição multimédia pelos alunos da EPL – Escola Profissional da Lousã, também parceira desta iniciativa.

Esta é uma aposta no ganho de escala e afirmação da coesão territorial, na medida em que permite partilhar experiências e boas práticas, ao mesmo tempo que contribuir para a potenciação de novas oportunidades de mercado trabalho que ultrapassam as fronteiras de cada concelho.

Para o Município, o objetivo é proporcionar aos alunos, professores e empresas a possibilidade de partilha de saberes, ao mesmo tempo que permite aos participantes alargar facilitar o contacto com o mundo empresarial, e as oportunidades de ingresso no mercado de trabalho, ajudando os mais indecisos a descobrir as suas vocações e aptidões profissionais.

O certame, além dos expositores, contou com algumas palestras durante a manhã, a cargo de entidades como o Microninho-Incubadora Social; IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude; o IPN – Instituto Pedro Nunes e ainda a Ansell-Portugal, multinacional instalada em Vila Nova de Poiares.

À tarde as atenções foram dirigidas para a floresta, com um encontro sobre “Harmonização e gestão sustentável da floresta, com a participação de responsáveis dos bombeiros de Vila Nova de Poiares e da Lousã, a par do Gabinete Técnico Florestal da CIM-Região de Coimbra, bem como do meio académico, com representantes do Instituto Politécnico de Coimbra e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e ainda do gabinete de projetos POIARQUI.

Publicar comentário