Back

Feira do Porco e do Enchido leva milhares de pessoas a Meruge

A 16.ª Feira do Porco e do Enchido realiza-se este ano dia 11 de Novembro.

O certame, organizado pela Junta de Freguesia de Meruge, com o apoio do Município de Oliveira do Hospital, nasceu para evidenciar o papel dos “porqueiros” no desenvolvimento económico da Freguesia de Meruge e enaltecer a excelência dos enchidos amanhados por mãos artífices de mulheres.

A Feira do Porco e do Enchido afirmou-se nestes 15 anos de sucessos, como o mais vernáculo e atractivo cartaz lúdico/gastronómico da Beira-Serra.

Um espaço único de gastronomia ancestral, de animação de rua multifacetada e permanente, de valorização dos produtos e do Mundo Rural, de aposta na música e na cultura populares.

Foi a Feira do Porco e do Enchido quem criou para o património da gastronomia nacional o inimitável “Arroz de Suã”, pitéu que todos os anos mobiliza um número infindável de apreciadores.

Mas não se esgota naquela iguaria a “ementa” servida na Feira.

O “Porco no Espeto com Arroz de Feijão”, os “Torresmos à Moda de Meruge”, feitos à fogueira em caçoila de barro, a “Feijoada à Moda de Nogueirinha”, a Bôla de Carne, de Bacalhau ou de Sardinha confecionadas ao vivo no recuperado Forno Comunitário, adquirir a carne e utilizar as fogueiras e caçoilas que disponibilizamos na Feira, para confeccionarem a sua própria refeição, são outras tantas propostas colocadas ao dispor do visitante.

No capítulo da animação, recriações de época e folia sem limites o Grupo de Teatro e Animação “Vivarte”, surge como o mais cotado do país. Para além das trupes de azarados saltimbancos, mendigos loucos, alcoviteiras metediças, pistoleiros façanhudos e o mais que se verá, os VIVARTE , realizam as teatralizações de rua, tudo representado com o rigor de época, a experiência, a arte de rua e a comicidade únicas dos seus actores.

A animação musical da Feira do Porco e do Enchido é outra marca de identidade reconhecida pelos visitantes. Os “Bombos e Adufeiras do Paúl”, Covilhã, o “Grupo de Concertinas e Cantadores ao Desafio do Minho” os insuperáveis “FanfarraKaústica”, os “Nô Kausa”, e outros que animarão também a noite de Sábado e preencherão todos os momentos do certame.

As crianças terão na Feira um programa específico recheado de surpresas. Para além dos inolvidáveis “Passeios de Burro” que se realizam durante todo o dia em redor do recinto, haverá uma “Tenda das Mil e Uma Histórias”, pinturas faciais, balões e muitas brincadeiras.

O “Jakas”, contará as histórias e alunos de artes de escolas profissionais cuidarão das restantes áreas.

A Lage Grande na rudeza milenar dos seus granitos, empresta sempre uma beleza singular e um ambiente rústico inigualável àsbarraquinhas que em seu redor oferecem enchidos, variedade e qualidade de artesanato, licores, doçaria tradicional, queijos eprodutos da agricultura familiar.

Mais uma vez, a Mostra do Porco Bísaro, com as suas ninhadas de leitões, vai continuar a deliciar gente de todas as idades.

Também no Sábado, dia 10, na Lage Grande, pelas 22 horas, terá lugar “O Sacrifício das Castanhas em Homenagem a S. Martinho” e a “Bênção da Jeropiga”, aberto a quem se quiser associar.

O dia culminará com o habitual espetáculo de fogo.

Publicar comentário

Share This