Back

Filme feito para Centro de Interpretação da Bobadela premiado com 2º prémio em Itália

A “Bobadela Romana” foi distinguida a semana passada, em Itália, no Festival Internacional de Cinema Documental, com o filme “Splendidissima Civitas”, que obteve o segundo lugar do “Premio Archeoclub D’Italia”, atribuído pelo público aos filmes que melhor comunicam o conhecimento.

O filme premiado consiste num documentário, realizado por Ruy Pedro Lamy, da Arqueohoje, que revela a importância da atual aldeia de Bobadela, no concelho de Oliveira do Hospital, na época romana: há cerca de 2.000 anos foi cidade, sendo então designada como “splendidissima civitas”.

Neste festival, que constituiu a “VIII edição da Rassegna del Documentario e della Comunicazione Archeologica, e é dedicado à comunicação e divulgação do conhecimento histórico e arqueológico, estavam em concurso, na seleção oficial, 24 filmes que documentam diferentes histórias, da Pré-História à Época Contemporânea, em diferentes partes do mundo, da Polónia a Portugal, passando pela Itália, França, Espanha e Croácia, da Turquia ao Curdistão, da África Subsaariana à Nova Zelândia.

A realização deste documentário, surge no âmbito do projeto do novo Centro de Interpretação das Ruínas Romanas da Bobadela, que abriu recentemente ao público, com a finalidade de explicar o legado romano na “Splendidissima Civitas”.

Bobadela Romana – Splendidissima Civitas

#BoasNotícias :)A “Bobadela Romana” foi distinguida, em Itália, no Festival Internacional de Cinema Documental, com o filme “Splendidissima Civitas”, que obteve o segundo lugar do “Premio Archeoclub D’Italia”, atribuído pelo público aos filmes que melhor comunicam o conhecimento.#Veja o teaser | Mais info em https://tinyurl.com/yc6wg8b6

Publicado por Município de Oliveira do Hospital em Quarta-feira, 31 de Outubro de 2018

O espaço, que foi alvo de um investimento de cerca de 250 mil euros, contempla um conjunto de informação, fotografias e outros conteúdos, bem como peças recolhidas em escavações arqueológicas, e assume-se como uma porta aberta ao conhecimento da antiga cidade romana, complementando o conjunto monumental envolvente – arco, fórum e anfiteatro romano.

Este Centro Interpretativo, oferece uma viagem interativa no tempo e na história, constituindo um importante polo de atração turística do Município de Oliveira do Hospital, que tem vindo a atrair cada vez mais visitantes.

As Ruínas Romanas de Bobadela são um dos mais importantes e bem preservados conjuntos arquitetónicos de valor histórico-arqueológico do “período romano” em Portugal. Este complexo de valiosíssimos vestígios do passado, disperso pelo centro histórico da aldeia de Bobadela, estudado ao longo dos tempos pela comunidade científica e admirado pelos seus visitantes, mereceu há muitos anos a classificação de Monumento Nacional.

O Presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, congratula-se com a atribuição deste prémio internacional, sublinhando que se trata de uma distinção ao mais alto nível que vem dar outra visibilidade àquele monumento nacional.

O autarca, frisa também que o seu executivo tem estado a fazer uma grande aposta na preservação e valorização do património que os romanos deixaram na aldeia de Bobadela, explicando que os resultados estão à vista através do extraordinário aumento da capacidade de atração de turistas que se vem registando nos últimos anos.

Publicar comentário

Share This