Back

Lourenzo já chegou aos Açores desalojou três famílias, provocou a queda de árvores e inundações

Os serviços de proteção civil dos Açores registam cerca de 50 ocorrências devido à passagem do furacão “Lorenzo”, nomeadamente, dois desalojados e quedas de árvores e postes de eletricidade.

Durante a noite o Furacão Lorenzo desalojou três famílias, duas em S. Jorge e uma nas Flores, provocou queda de árvores, telhas partidas, cortes de estradas e pequenas inundações.

O mau tempo já provocou mais de 50 ocorrências, segundo as últimas informações.

Publicado por João Machado em Terça-feira, 1 de outubro de 2019

O furacão “Lorenzo” baixou já para categoria 1, na intensidade prevista pela Proteção Civil açoriana.

A rajada máxima até ao momento, 145 quilómetros por hora (Km/hora), foi registada na ilha do Faial, no grupo central, seguindo-se 130 Km/hora nas Flores e 126 km/hora no Corvo.

Santa Cruz das Flores e o Lorenzo. Obrigado ao Sr Tiago Fraga a disponibilização das imagens.

Publicado por Anticiclone dos Açores em Terça-feira, 1 de outubro de 2019

O período crítico mantém-se até às 9h00 locais, mais uma no continente.

É considerado o furacão mais forte dos últimos 20 anos a passar na zona.

 

Fonte: Renascença

Publicar comentário