Back

MAAVIM acusa Ministério da Agricultura de se baralhar com os milhões

O Movimento de Associativo de Apoio ás Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) acusa o Ministério da Agricultura de se “baralhar com os milhões”.

Lembram em comunicado que Capoula Santos disse em Góis, à SIC, que “já pagaram mais de 70 milhões de euros, e à CMTV, que já pagaram mais de 90 milhões de euros”.

A 16 de maio, “disse na Assembleia da República que foram pagos 91,7 milhões de euros. A 26 de junho, é publicada uma lista onde aparecem valores de apoio de 82,06 milhões de euros, mas a 22 de agosto, esta quarta-feira, o ministério da Agricultura afirmou, em comunicado, que foram pagos 66 milhões de euros”.

“Após o comunicado efetuado hoje pelo Ministério da Agricultura, verificámos que, se por um lado o mesmo vem comprovar o que dizemos há meses acerca da propaganda dos milhões anunciados para apoio aos lesados dos incêndios de outubro, também demonstra que têm andado a enganar o país”, adianta ainda a MAAVIM.

Para aquela associação, “depois de o Ministério vir assumir que tem mentido ao país, vamos solicitar ainda hoje, uma audiência urgente na Assembleia da Republica, na comissão competente, para que o senhor Ministro efetivamente diga a verdade dos apoios pagos até ao momento aos lesados dos incêndios de outubro”.

 

 

Publicar comentário