Back

Metade do país sem combustíveis

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Transporte de Matérias Perigosas garante que a paralisação do setor já esgotou os combustíveis em cerca de metade dos postos no país.

“Pelas informações que nos chegam de norte a sul do país, estimámos que 50 a 60% dos postos estão já sem combustível e, pela informação que temos, os tanques dos aeroportos estão a cerca de 30%”, revelou à Renascença o presidente do sindicato, Francisco São Bento.

A situação nos aeroportos é confirmada pela ANA Aeroportos, que, em comunicado, revela que já foram suspensos os abastecimentos em Lisboa e Faro.

Os trabalhadores, que reivindicam a criação de uma categoria especifica na profissão e a atualização salarial, entraram em protesto na segunda-feira. De acordo com o Governo, os trabalhadores não cumpriram os serviços mínimos decretados e, por isso, avançou para com uma requisição civil.

Uma decisão que surpreendeu o sindicato. “Fiquei deveras surpreendido, mas vamos aguardar por informações do departamento jurídico para saber o que ainda podemos fazer de forma a tingir o que pretendemos”, diz o sindicalista.

 

Fonte: Renascença

Publicar comentário