Back

Município de Aveiro reforça rede de ecopontos

Com o objetivo de aumentar a participação dos munícipes na reciclagem através da separação seletiva dos resíduos urbanos, a Câmara Municipal de Aveiro (CMA), em parceria com a ERSUC, “reforçou a rede de ecopontos com mais 131 contentores novos, por todo o Município”, revela a autarquia.

Este novo equipamento de recolha seletiva junta-se aos 307 ecopontos já existentes, passando Aveiro a dispor agora de 438 ecopontos, o que representa um aumento significativo de equipamento de 43 por cento e um rácio de 180 habitantes/ecoponto.

“O investimento na recolha seletiva, informação e formação dos nossos concidadãos para a separação devida de resíduos e boas práticas ambientais, é uma opção política prioritária da CMA para o atual mandato autárquico (2017/2021), que terá no novo Ecocentro Municipal (em fase de projeto) uma peça fundamental em toda a estratégia”, adianta ainda em nota de imprensa a autarquia de Aveiro.

Esta infraestrutura de recolha seletiva “dará resposta à recolha de resíduos de construção e demolição, tintas e solventes, óleos lubrificantes usados, entre outros resíduos, tão solicitada pelos nossos munícipes”.

A tarifa municipal de resíduos urbanos, cobrada aos munícipes através da fatura da água, “reflete os custos da recolha, transporte e tratamento de resíduos urbanos indiferenciados (contentores cinzentos). A recolha seletiva é gratuita para o Município e para os munícipes”.

Desta forma, segundo a Câmara, “quanto mais resíduos separar e colocar nos ecopontos, menos resíduos indiferenciados produz, mais baixo será o valor da tarifa de resíduos urbanos”.

 

Publicar comentário