Back

Número de mortos de tsunami na Indonésia não pára de aumentar

Tsunami na Indonésia com número de mortos sempre a aumentar.

Novo balanço aponta para 222 mortos, 843 feridos e mais de 28 desaparecidos.

As autoridades indonésias confundiram inicialmente o tsunami com uma maré crescente e chegaram a apelar à população para não entrar em pânico.

[Video] Indonesia dilanda tsunami akibat letusan Gunung Anak Krakatau #PrayForIndonesia

Publicado por Front Desk em Sábado, 22 de dezembro de 2018

Tsunami atinge a Indonésia e deixa dezenas de mortos

TSUNAMI ATINGE A INDONÉSIA168 mortes foram confirmadas, 745 pessoas ficaram feridas e 20 estão desaparecidas, depois que um tsunami atingiu a Indonésia na noite de ontem (22). O número de mortos, porém, pode aumentar.No vídeo, o exato momento em que uma das superondas atinge um show musical na costa daquele país.

Publicado por Portal LH Franqui em Domingo, 23 de dezembro de 2018

As autoridades indonésias subiram de 62 para 168 o número mortos num tsunami que atingiu a Indonésia no sábado e que causou ainda pelo menos 745 feridos e 30 desaparecidos, de acordo Agência Nacional de Gestão de Desastres.

As autoridades indonésias confundiram inicialmente o tsunami com uma maré crescente e chegaram a apelar à população para não entrar em pânico, noticiou a agência de notícias France-Presse. “Foi um erro, sentimos muito”, escreveu na rede social Twitter o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

O tsunami foi desencadeado por uma maré anormal associada a um deslizamento submarino causado pela erupção do vulcão Anak Krakatoa. O tsunami atingiu Lampung, Samatra, e as regiões de Serang e Pandeglang, em Java.

“A combinação causou um tsunami repentino que atingiu a costa”, segundo a agência. A área mais afetada foi a região de Pandeglang, na província de Banten, em Java, que abrange o Parque Nacional de Ujung Kulon e praias populares, de acordo com as autoridades.

O vulcão Anak Krakatau, no Estreito de Sunda, que liga o Oceano Índico ao Mar de Java, tem 305 metros de altura está localizado a cerca de 200 quilómetros a sudoeste da capital Jacarta, onde tem sido registada atividade desde junho. De resto, em julho, as autoridades ampliaram a proibição de acesso para uma área de dois quilómetros à volta da cratera.

Publicar comentário