Back

Orquestra do Centro com músicos de filarmónicas atua em Miranda, O. Hospital, Mealhada e Coimbra

Amanhã, às 16h30, a Orquestra Clássica do Centro (OCC) convida músicos de várias Bandas Filarmónicas do município de Miranda do Corvo para um Concerto Sinfónico a realizar-se na Casa das Artes de Miranda do Corvo.

A iniciativa ‘Orquestra Clássica do Centro Convida’, promovida pelo programa ‘Coimbra Região de Cultura’, consiste num ciclo de concertos interpretados pela OCC em conjunto com músicos de bandas filarmónicas de vários  Municípios da Região de Coimbra.

Os concertos deste programa contam também com a participação de coros das comunidades escolares de cada um dos Municípios para interpretar temas do repertório erudito, como é o caso do Can-Can de Offenbach, entre outros.

Do programa constam ainda obras paradigmáticas do reportório clássico, como é o caso da Abertura da Ópera La Gazza Ladra, de Gioachino Rossini, ou a obra Valsa do Imperador, de Johann Strauss II, para além da interpretação de célebres árias do repertório operático com a participação especial da soprano Marina Pacheco.

A entrada é gratuita mediante a reserva de bilhete através do telefone 239 533 141 ou do email casa.artes@cm-mirandadocorvo.pt.

‘Orquestra Clássica do Centro Convida’ vai passar também pelos municípios de Oliveira do Hospital (1 fevereiro), Mealhada, (2 fevereiro) e Coimbra (3 fevereiro).

‘Coimbra Região de Cultura’ é uma rede de programação patrimonial e cultural que está a implementar mais de 150 iniciativas, sempre com entrada livre, nos 19 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra: Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares.

Teatro, música e dança são algumas das artes que se cruzam nesta rede de iniciativas pluridisciplinares que integra espaços patrimoniais, museológicos, centros históricos e recintos culturais, promovendo a valorização turística dos bens patrimoniais da Região.

‘Coimbra Região de Cultura’ é cofinanciado pelo CENTRO 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Publicar comentário