Back

PJ deteve suspeito de homicídio qualificado e profanação de cadáver

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve no dia de ontem, fora de flagrante delito, um homem pela prática dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver.

“Os factos ocorreram ao início da noite do dia 17-08-2019, em área isolada da Zona Industrial de Serzedo, Vila Nova de Gaia”, refere hoje a PJ em comunicado enviado à CentroTV.

Na ocasião, “motivado por ciúmes, o arguido atraiu o ora falecido até àquele local, altura em que, aproveitando ser uma área isolada, o surpreendeu, agredindo-o brutalmente na zona da cabeça e pescoço”.

De seguida, com o objetivo de destruir qualquer vestígio que o ligasse ao crime cometido, o arguido ateou fogo no cadáver. Não obstante a tentativa de destruição realizada, as diligências efetuadas por esta Policia permitiram reunir os elementos de prova necessários e proceder à sua detenção.

O detido, empresário com 54 anos e com antecedentes criminais pelos crimes de homicídio qualificado, ofensa à integridade física qualificada, dano e furto, vai ser presente à Autoridade Judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Publicar comentário