Back

Seia promove Conversas InterMunicipais pelos territórios das famílias

Integrada na programação da 14ª ExpoSocial, o Município e a Rede Social de Seia, com a colaboração dos parceiros do Conselho Local de Ação Social (CLAS) de Seia, realizam no dia 30 de setembro o encontro “Pelos Territórios das Famílias”.

As Conversas Intermunicipais decorrem na Casa Municipal da Cultura e têm como principal objetivo contribuir para os debates atuais sobre as mudanças na vida das famílias e nas relações pessoais, para além da partilha de diferentes perspetivas entre profissionais de diversas áreas.

O espaço de reflexão é dirigido a técnicos, dirigentes, mas também aos cidadãos de todos os municípios da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. Do programa constam sessões plenárias, durante a manhã, e momentos de debate em grupo, nas sessões paralelas que se realizam durante a tarde.

Presididas por Filipe Camelo, presidente do Município de Seia, e por Jacinto Dias, diretor do Centro Distrital da Segurança Social da Guarda, as conversas Intermunicipais iniciam-se às 09h e contam com a participação de especialistas com larga experiência profissional na intervenção com famílias.

“Na hora de pôr a mesa quantos somos” é o tema da primeira sessão que será abordado por Madalena Alarcão, professora associada da Universidade de Coimbra, e pela pedopsiquiatra Ana Teresa Prata, com a moderação de Francisca Magano, da UNICEF Portugal.

Segue-se “Família(s), um palco para relações”, sessão plenária onde participam o juiz desembargador Paulo Guerra, também Diretor-Adjunto do Centro de Estudos Judiciários, e o Diretor do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULS Guarda, António Gomes, com a moderação de Filomena Freitas, assistente social do Hospital Pediátrico de Coimbra.

A finalizar a manhã, Miguel Gouveia, da editora Bruaá, viaja com “um par de contos domésticos” por outras reflexões.

Os trabalhos recomeçam durante a tarde, pelas 14:30h, com as sessões paralelas “Em cada divisão uma partilha”. Metodologias colaborativas com famílias é o tema da sessão dinamizada por Diamantino Santos, com conclusões de Anabela Fazendeiro, ambos psicólogos clínicos e terapeutas familiares. Hélio Bento Ferreira, coordenador regional da CNPDPCJ é o dinamizador da sessão “Papéis e/ou desafios das crianças e jovens”, onde a socióloga Cátia Azevedo assume o papel de relatora. A “Qualidade de Vida e Bem-estar dos Cidadãos” é o mote de outra sessão, esta promovida por Sara Santos, Spa Manager, com o relato da psicóloga clínica Carla Costa.

Terminadas as sessões, a autora de “As Senhoras – ensaio fotográfico sobre a mulher e a saúde mental”, Mag Rodrigues, fará uma visita guiada à sua exposição.

Finalizados os trabalhos, é tempo de arrumar a estante e preparar o dia seguinte, terminologia sugestiva dado às conclusões, que além das relatoras das sessões da tarde, contará com a presença da vereadora senense Cristina Sousa e da Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), Rosário Farmhouse. Segue-se um momento musical pela Casa de Santa Isabel, que antecipará o encerramento das primeiras Conversas InterMunicipais.

Publicar comentário