Back

Vereadores do PS na Câmara de Viseu questionam apostas da maioria PSD nas Grandes Opções do Plano

Os vereadores do PS na Câmara de Viseu questionam apostas da maioria PSD nas Grandes Opeções do Plano (GOP).

Para os vereadores do PS as “Grandes Opções do Plano (GOP) e o Plano Plurianual de Investimentos para 2020 levantam questões sobre algumas apostas e opções do Executivo PSD, que só muito tardiamente são dadas a conhecer aos vereadores da oposição e aos viseenses. Na reunião de câmara foram levadas algumas questões”, revelam hoje em comunicado enviado à CentroTV.

Sobre o Centro Logístico Municipal a construir (reconversão do Pavilhão da Sumol – Compal) o PS “demonstrou dúvidas e reservas sobre o caminho seguido, apesar considerar interessante a aquisição do referido imóvel”.

“Nas GOP estão previstos 7 milhões e 500 mil euros até 2021. Porém, a opção de compra ao dispor do Município até 2021, tem o valor de 2 milhões e 280 mil euros. Qual o risco de estarmos na presença de uma benfeitoria em prol da empresa detentora do imóvel em mais de 5 milhões de euros? Que obras de requalificação vão ser realizadas para justificar este valor?”, questionam.

Para a requalificação do Pavilhão Multiusos em Viseu Arena, em 2016, o Município “apontava um valor de 2,5 milhões de euros. Entretanto, passámos para 3, 4, 5, 6 milhões. Nas GOP, encontramos um valor previsto superior a 7 milhões e 200 mil”, referem ainda os socialistas.

“Não foi igualmente esclarecido pelo Executivo um financiamento de 447 mil euros para um Mercado Municipal Provisório. Entretanto, face às queixas crescentes de produtores-vendedores e lojistas, aguarda-se que a obra de requalificação do Mercado Municipal 21 de Agosto, há muito adiada, seja célere”, revelam.

O PS “não entende a estratégia municipal – e os custos extremamente avultados que encerra – para a decoração e iluminação urbana do Natal 2019/2020. Assim, votou contra o acordo celebrado entre o Município de Viseu e a AHRESP – Serviços II – Associação para a Promoção e Apoio à Inovação e Desenvolvimento nos Setores do Turismo, Hotelaria, Restauração e Bebidas. Mais uma externalização de serviços, precisamente a uma entidade com a sede principal fora da região de Viseu e a quem não se reconhecem competências neste tipo de serviços”.

Acrescentando ainda que “são investidos mais de 90 mil euros para a iluminação de natal parcial do centro da cidade Viseu. Não estando ainda contabilizados os gastos com a iluminação natalícia de uma área significativa do Centro Histórico, do Rossio e zonas envolventes”.

Em reunião de câmara, com os votos contra do PS, foi “aprovado um protocolo celebrado entre o Município de Viseu e a Viseu Marca – Associação de Cultura, Eventos e Promoção relativo às atividades de Natal e Passagem de Ano de 2019”.

Os vereadores do PS “desconhecem porque é que um protocolo desta natureza, que ainda assim devia ser muito mais objetivo sobre os direitos e obrigações dos outorgantes, é celebrado ‘só agora’, muito tardiamente e de modo muito parcial, quando a Viseu Marca tem sido responsável, há muito, por definir e executar diversos eventos e atividades deste e de outro âmbito para o Município de Viseu”.

O Município de Viseu tem uma “participação de 48% na Viseu Marca. O Diretor da Viseu Marca é vereador do Executivo Municipal”, referem os vereadores socialistas.

No seu entender, “em diferentes planos, é fundamental verificar-se uma melhor clarificação, definição, transparência e escrutínio político e público da relação entre o Município de Viseu e a associação Viseu Marca; assim como das sua contas e atividades realizadas”.

“A organização destes e outros eventos de projeção Municipal pela Viseu Marca continuará a configurar uma ultrapassagem inaceitável dos poderes de acompanhamento e escrutínio político pelos vereadores da oposição”, sublinham a concluir.

1 comentário

  • joaquim vieira Albernaz

    17 Novembro, 2019

    Urge libertar o distrito de Viseu do caciquismo,do compadrio, do cavaquistão….O PS tem de crescer mais e desalojar a direita da esmolinha da grande cidade de Viseu….

Publicar comentário