Back

Visitas guiadas de fevereiro em Coimbra

Dando seguimento à iniciativa de promoção de um conjunto de visitas guiadas, subordinadas a temas diversos, a diferentes monumentos e locais emblemáticos da cidade, através dos quais se percorre um pouco da história e cultura locais, a Câmara Municipal de Coimbra apresenta o calendário para o mês de fevereiro.

Dia 11, 15h00 | Azulejaria Século XX

O azulejo é uma das caraterísticas mais marcantes da cultura portuguesa. Através dele está condensada a história e a memória portuguesa, quer de personalidades daqueles que dão vida a essas representações, quer de aspetos culturais e etnográficos das cidades, das vilas e até mesmo da funcionalidade do edifício em que que se encontram instalados.

São fachadas, paredes que ao contrário de tantas outras, não se fecham, mas abrem-se para outras dimensões aproximando o espectador para a cena/personalidade representada.

O objetivo desta visita é divulgar a todos quanto nos visitam algumas destas manifestações artísticas, valorizando-as tanto ao nível da sua história e património, como reconhecendo o seu contributo para a valorização de Coimbra.

Local de Encontro: em frente ao Posto Municipal de Turismo da Praça da República

 

Dia 13, 15h00 | Colégios Universitários – Património Mundial

Visita guiada com a qual se pretende realçar a importância dos antigos colégios instalados na Alta da cidade, cuja história se cruza com a da Universidade.

Com a instalação definitiva da Universidade em Coimbra, em 1537, emerge na cidade uma rede de colégios, na sua maioria ligados às Ordens Religiosas, que marcaram para sempre a fisionomia e a estrutura da cidade. Inicialmente projetados e construídos na parte baixa da cidade, onde tinham funções de pensionato, de estudo e onde se provia uma formação base preparatória, mais tarde muitos são transferidos para a Alta, garantindo a proximidade com a Universidade que acabaria por se estabelecer no Paço Real.

O objetivo desta visita é dar a conhecer a todos quanto nos visitam alguns destes colégios, valorizá-los ao nível da sua história e património, reconhecendo a sua importância como centros de apoio universitário e espiritual, que contribuíram para a visão de Coimbra como cidade do conhecimento e classificados como Património Mundial pela UNESCO.

Local de encontro: Largo Dom Dinis

 

Dia 18, 15h00 | Arquitetura do Século XX – Património Mundial

Visita guiada aos edifícios universitários construídos durante o período do Estado Novo, apresentando um plano de modernidade só comparável com a época Pombalina.

A construção de uma nova cidade universitária, que levou ao desaparecimento de inúmeros edifícios na Alta de Coimbra, segue a ideologia de concentração e de persecução de modelos edificados noutras cidades da Europa de regimes totalitaristas muito em voga nas primeiras décadas do século XX.

A monumentalidade dos edifícios, a sua arquitetura, os baixos-relevos, os frescos decorativos, a azulejaria, as esculturas contribuem para que este local seja considerado de valor excecional reconhecido e classificado como Património Mundial pela UNESCO.

Local de encontro: em frente à Faculdade de Letras

 

Dia 20, 15h00 | A Inquisição em Coimbra

Visita guiada a espaços (exteriores) associados ao período em que este poderoso Tribunal da Fé esteve instalado em Coimbra, relacionando-o com o seu desenvolvimento em Portugal, desde a sua fundação até à extinção.

Período conturbado da história mundial, onde o poder eclesiástico se revela mais forte e influente do que o poder político, com todas as conotações negativas que daí advieram e que se fizeram sentir à época.

Momento marcante que irá moldar toda uma nova geração de pensadores e por conseguinte formar uma nova consciência que irá mudar a forma de sentir e de estar dos povos ditos civilizados.

Esta visita tem por objetivo, apresentar espaços onde este tenebroso Tribunal exerceu a sua atividade, marcando intimamente a história e a vida da cidade, sensibilizando assim, o visitante para um património menos conhecido de Coimbra.

Local de encontro: Pátio da Inquisição

 

Dia 27, 15h00 | Tesouros de Coimbra

Visita guiada pelas ruas da Alta de Coimbra, focando as vivências, memórias, tradições e aspetos histórico-culturais, patrimoniais e imateriais da cidade.

Tendo Coimbra algum do seu património classificado pela UNESCO, torna-se imperativo, cada vez mais, criar uma consciência coletiva para a preservação do espaço edificado, cultural e imaterial estando alguns destes e outros bens ainda pouco divulgados.

De uma vasta riqueza patrimonial, cultural e imaterial, Coimbra, ao longo dos séculos, foi formando, na consciência nacional, um conceito de multiculturalidade e uma identidade única, através da sua pluralidade intelectual, da sua expressão cultural, profissional e do seu associativismo.

Este percurso dá continuidade à linha de promoção dessa identidade multicultural e de tolerância intelectual sempre presente nas vivências urbanas conimbricenses, no pormenor arquitetónico e patrimonial existente, nas suas histórias, atraindo deste modo um maior número de visitantes a este espaço nobre da cidade.

Local de encontro: Largo Dom Dinis

As visitas guiadas realizam-se com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 30, com as exceções identificadas. Os interessados devem fazer a sua inscrição, por via telefónica ou presencial, na Câmara Municipal de Coimbra (Casa Municipal da Cultura – 239 702 630). As visitas guiadas têm o seu início às 15h00. Todas as entradas pagas são da responsabilidade dos participantes, que são devidamente informados dessa circunstância.

 

Publicar comentário