Back

A cidade veio à aldeia para diversos momentos culturais

A 3ª Semana Cultural de Penalva de Alva (SCPA), em Oliveira do Hospital, chegou ao fim e contou com a participação de vários artistas regionais e nacionais e com um público vindo de vários pontos do país.

“Apesar das cheias e do mau tempo no primeiro dia da Semana, o sol não tardou em raiar e trouxe com ele um público que cresceu até ao último dia da SCPA”, adianta a organização.

Esta edição, que decorreu entre os dias 22 e 29 de dezembro de 2019, destacou-se pela sessão de curtas-metragens, com trabalhos muito conceituados, já apresentados em festivais internacionais, bem como pelo concerto de Luís Severo, que encheu por completo a sala da Sociedade Recreativa Penalvense. Este concerto captou público de vários distritos do país, incluindo Lisboa e Porto e constituiu a primeira visita de muitas pessoas à aldeia de Penalva de Alva.

A organização considera que “foi um primeiro passo muito importante no reconhecimento da iniciativa por vários pontos de Portugal, estimando que um total de 800 pessoas tenham marcado presença no conjunto dos seis dias de programação”.

A Semana Cultural pretende ser uma iniciativa de difusão de projetos culturais de referência, mas também de valorização do tecido cultural da aldeia, como a Tuna Recreativa Penalvense, a Canastraria e outros produtos endógenos. Esta edição contou com um concerto dos solistas da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins e com uma masterclass de bandolim orientada especialmente para a Tuna da aldeia. A 3ª edição recebeu no mesmo cesto música, cinema, literatura, natureza e exposição de fotografia.

As portas da SCPA fecharam-se no domingo com um almoço comunitário partilhado com os “Sabores de Antigamente” e com o concerto do Orfeão de Barrô, que durou até o sol baixar na montanha.

Publicar comentário