Back

Autocarros de Coimbra com acesso gratuito à internet

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra instalou em toda a frota dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) pontos de acesso gratuito à internet.

Ao todo são 134 veículos que circulam no concelho e passam a estar ligados através da rede Coimbra+, criada em 2015, que já conta com cerca de 190 mil utilizadores.

O serviço foi hoje lançado oficialmente pelo presidente da autarquia, Manuel Machado, a bordo de um autocarro recentemente recuperado.

Em declarações aos jornalistas, Manuel Machado salientou que este projeto pretende atrair mais utilizadores para os SMTUC, nomeadamente os mais jovens, criando “novos hábitos mais sustentáveis e ecológicos”.

O presidente da CM Coimbra divulgou que a rede Coimbra+ já conta com cerca de 190 mil utilizadores. Lançada a 25 de abril de 2015, a Coimbra+ tinha, até ao momento, 24 pontos de acesso instalados, colocados na sua maioria no centro da cidade. Agora também “os 134 veículos da frota dos SMTUC passam a circular com internet a bordo”, salientou o autarca. Este projeto enquadra-se também no esforço que tem vindo a ser feito para “reforçar as caraterísticas de Coimbra como ‘smart city’”, destacou Manuel Machado.

Este é um investimento da autarquia no valor de 464.120,73 euros (IVA incluído) para alargar e melhorar o serviço da rede, através da aquisição e instalação de 220 novos “hotspots”.

O contrato de aquisição, outorgado a 30 de novembro de 2017, prevê, ainda, a instalação de 31 “hotspots” em cada uma das sedes, atuais e antigas, das Juntas de Freguesias e outros 39 em diversos pontos do concelho, processo que está em implementação. Ficam a sobrar 16 “hotspots” que serão instalados nos novos veículos que os SMTUC forem recebendo ao longo dos próximos meses.

Manuel Machado recordou, então, que a CM Coimbra aguarda a receção de oito autocarros elétricos, que está em curso o procedimento para a aquisição de dois miniautocarros elétricos e foi lançado, no passado mês de outubro, uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), para a aquisição de mais cinco autocarros elétricos standard e nove miniautocarros elétricos.

O investimento em veículos mais ecológicos e sem emissões carbónicas representa já um investimento global superior a 11 milhões de euros, para além da autarquia suportar integralmente o custo social dos transportes que é de cerca de nove milhões de euros anuais.

A Coimbra+ passa, então, a somar 244 “hotspots”, entre dispositivos fixos (94) e móveis (150). Este investimento da autarquia contribui para promover o acesso livre e gratuito à internet por parte dos conimbricenses, também em pontos de interesse turístico e cultural, de comércio e de atividade económica intensa, mas também nas viagens nas viaturas dos SMTUC.

Aos turistas, possibilita, por exemplo, estruturar as suas visitas e fruir dos recursos disponíveis e, à população em geral, entre outros aspetos, criar novas oportunidadnes de negócio assentes no digital. O projeto enquadra-se também no esforço que tem vindo a ser feito para reforçar as caraterísticas de Coimbra como “smart city”.

Durante o percurso de autocarro existiu uma paragem junto à empresa municipal Águas de Coimbra, onde se localiza um histórico e centenário elétrico.

O presidente da autarquia fez questão de referir que o elétrico se encontra em exposição (sempre que as condições climatéricas o permitam) para não deixar que se apaguem da memória dos conimbricenses.

O autarca afirmou que a CM Coimbra está a estudar a possibilidade da criação de uma “linha-museu”, num itinerário plano, para transporte de passageiros e para efeitos turísticos.

Publicar comentário