Back

Detido suspeito de ter morto a mulher à facada e colocado o corpo numa mala

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, com a colaboração do Posto da Guarda Nacional Republicana de Arruda dos Vinhos, identificou, localizou e deteve um homem, de 38 anos de idade, por fortes indícios da prática de um crime de homicídio.

“Os factos delituosos foram cometidos na manhã de ontem, naquela vila, tendo vitimado uma mulher, companheira do ora detido, com 30 anos”, revela hoje a PJ em comunicado enviado à CentroTV.

A investigação apurou que o presumível autor, “possivelmente motivado por questões de natureza passional, atingiu a vítima com um golpe letal de arma branca, desferido num quarto que ambos haviam arrendado, numa habitação em que, à altura dos factos, não se encontravam outras pessoas”.

Após, o detido “colocou o corpo numa mala de viagem que previamente adquirira, a qual veio a abandonar num local relativamente próximo e preparou a sua saída da habitação, presumivelmente para se ausentar para o estrangeiro”, refere ainda aquela polícia.

As diligências policiais realizadas permitiram localizá-lo, durante a noite, num espaço com vegetação densa, situado nas proximidades, onde, entretanto se havia ocultado.

A Polícia Judiciária recolheu e apreendeu relevante material de natureza probatória, o qual indicia, fortemente, o cometimento dos factos pelo arguido.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, no qual lhe serão aplicadas as medidas de coação processual adequadas.

Publicar comentário