Back

Exposição de ilustração e pintura de Nuno Freire na Casa da Cultura de Coimbra

A Câmara Municipal de Coimbra organiza uma exposição de ilustração, desenho e pintura, intitulada “Perspetivas”, da autoria de Nuno Freire, que estará patente ao público de 15 de março a 13 de abril, na Galeria Ferrer Correia, na Casa Municipal da Cultura.

Nuno Freire apresenta as suas obras em Coimbra, na Casa Municipal da Cultura, com o propósito de fomentar, junto dos visitantes, a descoberta, o conhecimento e o despertar para novas visões do Mundo.

Dispostas de forma aleatória, no entender do artista plástico, “as imagens transportam Intenção, Energia e Vontade… Nelas estão plasmadas ideias soltas, livres, pensamentos de grandes autores, de valentes nobres ou até mesmo de ilustres desconhecidos, ‘ninguém’, mas que influenciaram o meu caminho… porque os observei, porque os tentei conhecer”.

 Nuno Santos Freire nasceu no Colmeal (Góis), em 1963. Frequentou o curso de Direito, na Universidade Internacional da Figueira da Foz, cidade onde reside. Possuidor de uma visão muito própria da realidade, da vida e do sentido desta, procura em todas as circunstâncias aplicar o seu conhecimento, aptidão e experiência pessoal na procura de explicações e respostas para as mais variadas questões prementes e fundamentais. Realiza esse objetivo no ensinamento, na participação ativa, na dedicação constante e revelação dos seus ideais, através da Arte, elemento ímpar na cultura e identidade de um Povo/Região/Nação. A Cultura é a sua paixão natural.

O percurso artístico de Nuno Freire revela o gosto pelos clássicos da Banda Desenhada, sendo que é nesta área que desenvolve, de forma autodidata, a sua aptidão natural para desenhar e pintar dedicando-se a ilustrar situações e personagens, por si próprio ficcionadas, num estilo invulgar.

Nuno Freire participa em várias exposições de arte apresentando trabalhos a óleo, aguarela, lápis de cor e tinta-da-china. Contribuiu com ilustrações para o livro “Any Time Is Tee Time”, as quais foram elogiadas por António Jorge Ramalho, em “canaldelivros.com”. Realizou duas exposições individuais, na Casa da Mutualidade, em Coimbra, em 2015, e no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz, em 2016. Os seus trabalhos estiveram, também, expostos em várias exposições coletivas, designadamente, nos concelhos de Coimbra, Figueira da Foz, Góis, Marinha Grande e Porto.

Publicar comentário