Back

Filme “Vitalina Varela” de Pedro Costa venceu Festival Caminhos do Cinema Português

O filme “Vitalina Varela” é o vencedor do grande prémio dos Caminhos do Cinema Português.

O mais recente trabalho de Pedro Costa foi também distinguido em Coimbra com os prémios de melhor atriz e melhor fotografia.

Os premiados são:

Selecção “Outros Olhares”, Júri constituído por António Pedro Pita, Cristina Janicas e Rita Alcaire. Deliberou que o melhor filme desta secção é:

            Actos de Cinema, de Jorge Cramez, é uma magnífica deambulação por uma memória do cinema feita de apuro estético, exigência política e intensa afetividade, devolve objetos perdidos à sua expressividade e constitui, por isso, uma aliciante reinvenção do cinema.

Seleção Ensaios, Júri constituído por Catarina Neves Ricci, Pedro Ribeiro e Tiago Afonso. Deliberou:

            Ensaio Internacional

Menção Honrosa: La Llorona, de Rosana Cuellar

Melhor Ensaio Internacional: Day Release, de Martim Winter

            Ensaio Nacional

Menção Honrosa: Ode à Infância, de Luís Vital, João Monteiro

Melhor Ensaio Nacional: Quem me dera em vez de uma câmera ter uma mosca, de Cláudia Craveiro Santos

Seleção Caminhos

Júri de Imprensa CISION, constituído por Cláudia Sobral, Filipa Queiróz e Sara Afonso, deliberou que:

Menção Honrosa: Past Perfect, de Jorge Jacome

Melhor Filme – Prémio Imprensa CISION: Fordlandia Malaise, de Susana de Sousa Dias

Júri da Federação Internacional de Cineclubes, após convocação a cineclubes de todo o mundo é constituído por: Bruno Fontes (Portuguesa), Sara Adam (Alemã) e Toni Cuadras (Catalão). Deliberou, na atribuição do Prémio D. Quijote:

Menção Honrosa: A Raposa, de Leonor Noivo

Pela forma como trata temas que nos afetam enquanto sociedade através de uma           conceção visual arriscada que intercruza reflexões pessoais e fílmicas que, apesar        de perturbadoras, transmitem sentimentos plenos de coragem e de vida.

 Prémio D. Quijote: Cerro dos Pios, de Miguel de Jesus

Pelo modo como o cineasta, procurando imagens, sentimentos e afetos, convida o espetador para uma viagem espacial e fílmica na qual partilha os seus medos e inseguranças. Aquilo que nos surge como se fosse apenas um diário por imagens onde a câmara parece ser colocada ao acaso revela-se afinal um ensaio fílmico com uma montagem exímia que convoca motivos como a complexidade das relações humanas.

 

Júri Caminhos constituído por Carla Vasconcelos, Hugo Van Der Ding, João Telmo, Lucinda Loureiro e Paulo Carneiro. Deliberou que:

Prémios Técnico Artísticos

Menção para Efeitos Especiais: Fernando Alle pelo seu filme Mutant Blast

Melhor Som: David Badalo, pelo filme Alva, de Ico Costa

Melhor Realizador: Pedro Filipe Marques, pelo seu filme Viveiro

Melhor Montagem: Francisco Moreira e Ana Godoy, pelo filme Alva, de Ico Costa

Melhor Guarda-Roupa: Patrícia Dória, pelo filme Variações, de João Maia

Melhor Fotografia: Leonardo Simões, pelo filme Vitalina Varela, de Pedro Costa

Melhor Direção Artística: Ana Bossa, pelo filme Último Acto de Maria Hespanha

Melhor Cartaz: Inês Bento, pelo filme Ruby de Mariana Gaivão

Melhor Caracterização: Magalí Santana, pelo filme Variações, de João Maia

Melhor Banda Sonora Original: Normand Roger, pelo filme Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa

Melhor Argumento Original: José Filipe Costa, pelo seu filme Prazer, Camaradas!

Melhor Argumento Adaptado:Manuel Moreira e Bruno Caetano, pelo filme O Peculiar Crime do Estranho Sr. Jacinto, de Bruno Caetano.

Melhor Atriz Secundária:Teresa Madruga, pelas prestações nos filmes Variações, de João Maia, e, Dia de Festa de Sofia Bost.

Melhor Atriz: Vitalina Varela, no filme homónimo de Pedro Costa.

Melhor Ator Secundário: Filipe Duarte, pelo filme Variações, de João Maia

Melhor Ator: Sérgio Praia, pelo filme Variações, de João Maia

Prémios Oficiais

Prémio Revelação: Maria Abreu, no filme Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, de Tiago Guedes

Prémio Melhor Animação: Peculiar Crime do Estranho Sr Jacinto, de Bruno Carvalho

Prémio Melhor Documentário Universidade de Coimbra: Fordlandia Malaise, de Susana de Sousa Dias

Prémio Melhor Curta-Metragem: Ruby, de Mariana Gaivão

Prémio Melhor Ficção GesMo:Alva, de Ico Costa

Grande Prémio do Festival: Vitalina Varela, de Pedro Costa

 

Prémio do Público Chama Amarela:

A designar após a sessão das 15h00

 

Palmarés por filme:

Menções Honrosas

A Raposa, de Leonor Noivo:

Menção Honrosa Júri da Federação Internacional de Cineclubes

La Llorona, de Rosana Cuellar

Menção Honrosa Júri Seleção Ensaios

Mutant Blast, de Fernando Alle

Menção Efeitos Especiais

Ode à Infância, de Luís Vital e João Monteiro:

Menção Honrosa do Júri Ensaios para Ensaio Nacional

Past Perfect, de Jorge Jacome:

Menção Honrosa do Júri de Imprensa CISION

 

Prémios

Actos de Cinema, de Jorge Cramez:

Melhor Filme Selecção Outros Olhares

Cerro dos Pios, de Miguel de Jesus

Prémio D. Quijote da Federação Internacional de Cineclubes

Day Release, de Martin Winter:

Melhor Ensaio Internacional

Prazer, Camaradas!, de José Filipe Costa:

Melhor Argumento Original, para José Filipe Costa

Quem me dera em vez de uma câmera ter uma mosca, de Cláudia Craveiro Santos

Melhor Ensaio Nacional

Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias, de Regina Pessoa

Melhor Banda Sonora Original, para Normand Roger

Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, de Tiago Guedes

Prémio Revelação para Maria Abreu, em Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, de Tiago Guedes

Último Acto, de Maria Hespanhol:

Melhor Direção Artística, para Ana Bossa

Dia de Festa, de Sofia Bost:

Melhor Actriz Secundária, para Teresa Madruga (repartido com performance em Variações)

Viveiro, de Pedro Filipe Marques:

Melhor Realizador

Ruby, de Mariana Gaivão (2):

Melhor Curta-Metragem

Melhor Cartaz, para Inês Bento

Fordlandia Malaise, de Susana de Sousa Dias (2):

Prémio de Imprensa CISION

Prémio Melhor Documentário Universidade de Coimbra

O Peculiar Crime do Estranho Sr. Jacinto, de Bruno Caetano (2):

Melhor Argumento Adaptado

Melhor Documentário Universidade de Coimbra

Alva, de Ico Costa (3):

Prémio Melhor Ficção GesMo

Melhor Montagem

Melhor Som

Vitalina Varela, de Pedro Costa (3):

Grande Prémio Festival

Melhor Atriz, para Vitalina Varela

Melhor Fotografia, para Leonardo Simões

 

Variações, de João Maia (5):

Melhor Actriz Secundária, para Teresa Madruga (repartido com performance em Dia de Festa)

Melhor Actor, para Sérgio Praia

Melhor Actor Secundário, para Filipe Duarte

Melhor Caracterização, para Magalí Santana

Melhor Guarda Roupa, para Magalí Santana

 

 

Publicar comentário