Back

Homem fica com pulseira eletrónica por violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, ontem, deteve um homem com 42 anos, por violência doméstica, no concelho da Mêda.

“No âmbito de uma investigação por violência doméstica que decorria há cerca de uma semana, a GNR apurou que o suspeito exercia violência física, psicológica e ameaças sobre a sua esposa de 35 anos, tendo os militares dado cumprimento a um mandado de detenção e condução”, adianta hoje em comunicado a GNR.

O detido, foi presente ao Tribunal de Vila Nova de Foz Côa, tendo-lhe sido aplicado como medidas de coação, proibição de contactos e de aproximação da vitima  a menos de 4000 metros, bem como, a proibição de entrada e permanência na freguesia onde reside a vitima, controlado por pulseira eletrónica. Foi-lhe ainda aplicada a medida de tratamento às dependências de consumo de estupefacientes.

Publicar comentário