Back

PJ detém filho suspeito de tentar matar a mãe com um cúmplice

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à detenção de dois homens, por “fortes indícios da prática, em coautoria, de um crime de homicídio qualificado, cometido no passado dia 13 de abril, na localidade de Queijas, no concelho de Oeiras”, adianta hoje em nota de imprensa.

A vítima é uma mulher, de 64 anos, mãe de um dos detidos, tendo a investigação “conseguido determinar que os presumíveis autores planearam antecipadamente o seu assassínio”, revela a PJ.

Para tanto, a vítima foi “atraída a uma residência que habitava ocasionalmente e na qual viria a ser morta, através de utilização de arma branca, tendo-lhe sido roubados alguns bens”.

O móbil evidente foi o da “obtenção de proveitos económicos por parte do filho da vítima, seu único herdeiro, o qual acordou com o seu coautor, a troco de um pagamento, a execução conjunta do crime.”

Alguns dias após os factos, a Polícia Judiciária recolheu elementos probatórios esclarecedores que levaram à detenção do filho da vítima, de 40 anos, ao qual foi imposta a medida de coação de prisão preventiva.

O coautor, de 38 anos, ausentou-se da sua residência habitual para paradeiro desconhecido, vindo a ser, após a realização de incessantes diligências, localizado e detido, ontem, num bairro da cidade de Lisboa.

O ora detido será, hoje, presente a primeiro interrogatório judicial, no qual lhe serão aplicadas as medidas de coação processual adequadas.

Publicar comentário