Back

Rádio Universidade de Coimbra assinala aniversário com concerto dividido em três atos

A Rádio Universidade de Coimbra (RUC) celebra 34 anos com um concerto dividido em três atos, que traz Conferência Inferno, Hangloser e Kara Konchar ao Teatro Académico Gil Vicente (TAGV).

A aposta da RUC em 2020 passa por duas produtoras independentes e emergentes no panorama nacional: o Coletivo Farra, no Porto, e a Capital Decay, em Lisboa. No dia 7 de março (sábado), a partir das 21h30, a cortina de ferro do TAGV é fechada, para transformar o palco numa blackbox improvisada.

Diretamente do Norte, cabe aos Conferência Inferno abrir as festividades. O EP Bazar Esotérico é o resultado das experiências musicais levadas a cabo por Raul Mendiratta e Francisco Lima em laboratórios clandestinos por Aveiro, Porto e Vila Real. A dupla traz a Coimbra uma amálgama viciante de géneros musicais, onde kraut, dark wave e punk são dissolvidos numa boa dose de surrealismo.

O final da noite fica a cargo de dois artistas sob o selo Capital Decay. Hangloser é responsável pelo trabalho inaugural da editora lisboeta. Em Proposition 1231, o alter ego de José Quintino apresenta-se por entre ritmos gritantes e modulações sonoras agressivas, num concerto que promete dissolver a fronteira entre o som e a imagem.

Quatro anos depois de nos fazer mexer no Palco RUC como ATILA, Miguel Béco de Almeida apresenta em Coimbra uma nova identidade. No disco de estreia, Dungeon Rave, Kara Konchar leva-nos numa viagem hipnótica por espaços obscuros e macabros, onde a dança também tem lugar.

Publicar comentário