Back

Rotas napoleónicas luso-espanholas em destaque no concurso #EUinmyregion 2020

O projeto NAPOCTEP – Rotas napoleónicas por Espanha e Portugal – participou recentemente no concurso europeu de postais #EUinmyregion 2020.

“Entre as fotografias selecionadas pelo público do concurso está a fotografia do Forte do Alqueidão, um dos 152 Fortes das Linhas de Torres Vedras, construídas a norte de Lisboa para defender a cidade da terceira Invasão Francesa a Portugal, em 1810”, adianta hoje a CIM Região de Coimbra em nota de imprensa.

A imagem representa, “simbolicamente, o projeto que tem como objetivo contribuir para alcançar a proteção e divulgação do património cultural e natural, como suporte da base económica da região transfronteiriça, apostando na valorização da enorme herança cultural da era napoleónica, gerando um produto turístico diferenciado, de qualidade e sustentável, atrativo e que permita gerar atividade económica e emprego na região”.

O concurso #EUinmyregion é uma “campanha de comunicação que visa aumentar a visibilidade de projetos financiados pela UE em toda a Europa. Usando as ferramentas e o suporte de comunicação, as autoridades de gestão e os beneficiários do projeto são convidados a envolver-se com os cidadãos para mostrar o que alcançam em conjunto com a UE na região. As melhores imagens de um projeto recebem 300 postais e beneficiam da sua divulgação à escala europeia, através dos meios de comunicação social #EUinmyRegion bem como da sua página de Facebook e Instagram”.

O projeto NAPOCTEP, que tem objetivo proteger e valorizar o património cultural e natural da época Napoleónica da região transfronteiriça, é liderado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra e conta com a participação de parceiros portugueses (Entidade Regional de Turismo do Centro, CIM Beiras e Serra da Estrela e Associação para o Desenvolvimento Turístico e Patrimonial das Linhas de Torres Vedras) e espanhóis (Fundación Siglo para el Turismo y las Artes de Castilla y León, Fundación Santa María la Real del Patrimonio Histórico, Sociedad Mercantil Estatal para la Gestión de la Innovación y las Tecnologías Turísticas SEGITTUR e Fundación Finnova).

Publicar comentário